Expressão muito alentejana que significa "basta" ou "já chega". Espaço de liberdade. Galeria de arte pública.

.Ultimamente...

. Se quiserem...

. O verdadeiro amigo está s...

. Onde pára esta sangria?

. Pequim(ninos)

. No fundo, no fundo...

.Sótão

Sábado, 12 de Maio de 2007

Sobre a polémica do Canil Municipal

A questão do Canil Municipal de Beja é uma questão muito sensível para mim, enquanto cidadão, Médico-Veterinário e colaborador do Cantinho dos Animais.

Tenho seguido com atenção tudo o que se tem passado nos últimos dias e estou a par da situação ocorrida no final de Março em que foram eutanasiados 16 animais.

 

Em relação a esta situação e a tudo o que já vi escrito e dito pelos nossos governantes e cidadãos, gostaria de acrescentar alguns pontos que considero úteis:

  • Não censuro as eutanásias, pois elas, não sendo a solução ideal, são a solução possível face aos recursos limitados, em termos de alojamento, alimentação e carinho de que cada animal necessita. Em suma: é um facto (triste) que o número de animais abandonados excede largamente a capacidade de acolhimento da Câmara e Cantinho dos Animais.
  • Eu já fiz eutanásias a animais abandonados, a pedido do Cantinho dos Animais e do Múnicipio de Beja, numa altura em que C.dos A. teve de abandonar as instalações do Canil Municipal, para ocupar um espaço anexo, cuja lotação era significativamente inferior à anteriormente ocupada.
  • Quanto a mim, o cerne da polémica actual não é o facto de serem realizadas eutanásias no Canil Municipal, mas sim o como são realizadas. É esse assunto que falta aclarar e gostaria bastante de ver esclarecida essa situação por parte dos responsáveis autárquicos. É a esta questão que o  Sr. Presidente deveria responder. Obviamente que pode dizer que o métodos/técnicas utilizados na prática da eutanásia veterinária não são do seu conhecimento. No entanto não me parece que possa furtar-se à responsabilidade de averiguar dos mesmos, quando existem suspeitas de que as práticas utilizadas no múnicipio que dirige não serem correctas nem aceitáveis. E certamente que o Sr. Presidente não gosta de ver a "sua" cidade ser falada nacionalmente por motivos tão negativos. Já agora, o animal que refere na entrevista radiofónica, que estava na rotunda do Bejaparque Hotel, que teria sido adoptado e depois, voltou para lá( o sr. Presidente sugeriu que teria sido novamente abandonado), está em casa da sua nova "protectora" e tem recebido carinho que provavelmente nunca teve. É no entanto,um animal muito assustado e foi por isso que,numa fase inicial fugiu e se dirigiu para o único sítio que considera sua casa - a rotunda.
  • As eutanásias podem e devem ser realizadas despertando o mínimo de ansiedade possível nos animais e deve ser administrada rapidamente por via endovenosa estrita. Qualquer extravasão do fármaco para os tecidos subcutâneos é extremamente dolorosa para o animal. Quanto a mim, a injecção intra-cardíaca apenas é deontológicamente aceitável quando não é tecnicamente possível obter acesso endovenoso e quando o animal se encontre em estado comatoso e portanto (supostamente) sem consciência da dor.
  • Uma última palavra de apoio à acção continuada do Cantinho dos Animais em prol dos animais abandonados do nosso concelho. Lutam com dificuldades financeiras e humanas (falta de voluntários) imensas e desempenham um papel social importantíssimo. Acolhem nas suas instalações animais abandonados na via pública, resgatados de maus tratos e negligências ignóbeis e muitas vezes até têm de suportar custos de tratamentos veterinários que os donos dos animais se recusam a fazer. Durante toda a sua existência enquanto associação em prol da protecção e bem-estar animal, desempenharam por inúmeras vezes papéis que seriam da exclusiva responsabilidade da Câmara Municipal, socorrendo animais atropelados na via pública, a qualquer hora do dia ou da noite. Faço pois votos para que a acção benemérita desta Associação seja levada em conta pela autarquia e pela população em geral e que não sofram de qualquer represália por terem tido a coragem de alertar para esta situação, pondo em xeque a entidade que os apoia financeiramente e em termos de espaço físico.

 

publicado por Andre às 21:08
link do post | comentar | favorito
14 comentários:
De marta bica a 29 de Junho de 2007 às 20:53
em 1º lugar kero dar os parabens a todas as voluntarias do cantinho, eu tb adotei um caisinho chamado pirulito k ja tive de mandar abater derivado as duenças k ja tinha , até cheguei a ir com ela a tv e falar no cantinho. por isso voces lutem contactem a tv para vos ajudar talvez o presidente se envergonhe fiquem bem e deem muito amor a esses animais...................
De zig a 3 de Julho de 2007 às 00:50
O Pirolito já morreu? Que triste! Pois, fomos com ele à TV....

Comentar post

.Andrei

.Busca!

 

.Compadres

.Visitantes

free counter