Expressão muito alentejana que significa "basta" ou "já chega". Espaço de liberdade. Galeria de arte pública.

.Ultimamente...

. Se quiserem...

. O verdadeiro amigo está s...

. Onde pára esta sangria?

. Pequim(ninos)

. No fundo, no fundo...

.Sótão

Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2004

FARTURA DE POMBOS

Évora com pombos a mais
A Câmara de Évora está à procura de uma solução para o excesso de pombos que proliferam no Centro Histórico da cidade, noticia o Diário do Sul. O autarca José Ernesto Oliveira assume, inclusivamente, que se trata de uma situação que gera «gravíssimos problemas», pelo que, diz, «é preciso encontrar uma medida que reduza significativamente o número de aves».
Mais sobre esta noticia em:
http://www.noticiasalentejo.pt/
Pergunto eu, queremos uma coisa destas para nós?
Em Beja, o crescente número de consequências, relacionadas ao aumento dos pombos, urge ser pensado, ou um dia, os dinheiros a gastar, no restauro de edifícios, como é exemplo disso o Museu Regional de Beja, edifícios na Rua Capitão João Francisco de Sousa ou ainda na Igreja da Misericórdia, serão muito mais avultados, por força de uma questão tantas vezes ignorada.
Se as coisas forem mesmo como julgo, amanhã vão todos dar milho aos pombos, tal como depois da estreia de Nemo, onde a procura de peixes tropicais por maior parte deste país, aumentou espantosamente (julgo que no filme a ideia era outra, o oposto...julgo eu, que gosto de julgar ideias).
Um bem haja
Luis Dinis
http://www.igorics.blogger.com.br/pombo.jpg
publicado por Andre às 13:55
link do post | comentar | favorito

.Andrei

.Busca!

 

.Compadres

.Visitantes

free counter