Expressão muito alentejana que significa "basta" ou "já chega". Espaço de liberdade. Galeria de arte pública.

.Ultimamente...

. Se quiserem...

. O verdadeiro amigo está s...

. Onde pára esta sangria?

. Pequim(ninos)

. No fundo, no fundo...

.Sótão

Segunda-feira, 22 de Março de 2004

Os "ataques" e o "terrorismo"

g5tgb7u59.jpg
Esta noite foi assassinado o Sheik Ahmed Yassin, líder da organização palestiniana Hamas e referência espiritual de muitos Palestinianos. Não me ocorre sequer fazer um elogio póstumo a um homem que incitou o "seu" povo a uma luta violenta contra a ocupação israelita e cuja conduta nunca foi exemplo para ninguém.
O direito à resistência do povo Palestiniano perde-se na sua opção de luta violenta e na lógica de atentados contra civis.
Não pretendo discutir hoje a quem assiste a razão. Embora a cadeira de rodas em que se deslocava pudesse despertar alguma compaixão, o homem era um assassino... E agora é um mártir.
Deixo apenas a dúvida que me persegue há algum tempo e que vi hoje reforçada: Como se classificam estes actos de violência? Quais são os critérios para denominar um determinado acto como "terrorismo" ou como "ataque"? O facto de uma bomba sair de um helicóptero Apache e não de um cinto bomba de um suicida impede que se chame aos seus efeitos destrutivos acto de terrorismo? É certo, o atentado de hoje não matou civis, mas outros mísseis dos mesmos helicópteros já o fizeram e nunca vi nenhum acto de violência por parte dos israelitas denominado de terrorismo. Afinal o que é que distingue estes "ataques" do "terrorismo"? O orçamento disponível em cada lado?

publicado por Andre às 17:58
link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De Anónimo a 27 de Março de 2004 às 04:36
Vá lá vai...eu falei em terror e saltam logos os nomes todos para cima da mesa!!!!!!!!!!!!

Só julgo que nos apupam com imagens de terror, porque faz parte de uma qualquer estrategia politica ou governamental, ou talvez somente, porque são vendáveis.

digo eu, que gosto de dizer coisas, somos todos responsáveis|okayyam
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 25 de Março de 2004 às 10:04
gosto de pessoas com certezas inabaláveis! Fazem-me sempre lembrar o Cavaco, mas pronto...
(só é pena os erros ortográficos...)myself
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 24 de Março de 2004 às 19:55
Israel são os terroristas.O que diriam os alentejanos se os marroquinos dissesem "Vamos a sair daqui ,isto é nosso estivemos aqui a 600 anos atrás " !lidador
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 24 de Março de 2004 às 19:11
A diferença fundamental, na minha opinião é: o Sharon tem que se submeter a eleições, ou outro tinha um cargo vitalício...myself
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 24 de Março de 2004 às 08:43
Muito bem dito! Qual a diferença entre terrorismo e ataque?Das duas partes matam.Ficam maes e pais a chorar a morte de um filho, de um familiar, de um amigo.Mas nao esqueçam para muitos muçulmanos isso é orgulho.Afinal tornam-se martires.Nao posso comentar muito acerca disto porque nao vivo nessa parte do mundo, nao sinto no corpo o que essa gente sente.Mas uma coisa me revolta : um povo que foi destruido na segunda guerra mundial, que chora os deportados, desaparecidos, mutilados, como podem continuar vivendo, vendo-se ao espelho, fazendo exactamente o que lhes fizeram?A violencia apela à violencia.Quando sera que de um lado como do outro havera um lider que dira : CHEGA !!!PAREM!!Meu Deus tenha piedade dos filhinhos que trouxemos pra este mundo de loucos.
Porta-chaves
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 23 de Março de 2004 às 09:25
e já que o Dia Mundial da Água (e já agora, Dia do Teatro Amador, também) passou tão despercebido, nem imagino que preocupações nos vão assolar no dia de hoje — Dia Mundial do Sono (é verdade!).myself
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 23 de Março de 2004 às 01:12
o meu amigo sabe muito bem definir esta palhaçada toda de terrorismo e não terrorismo, Não tenha medo de o dizer. é uma palhaçada igual à de andarem por aí a gritar a ameaça terrorista! O que dirão os palestinianos e iraquianos acerca da ameaça do mundo ocidental? eles sim, vivem sob uma ameaça séria!owiiw
(http://notasdebolso.blogs.sapo.pt/)
(mailto:vwiwv@sapo.pt)
De Anónimo a 23 de Março de 2004 às 00:57
pois no dia em que se devia ter comemorado o dia mundial da água e sériamente debatido a importancia vital de aguá, quer na quantidade, quer na qualidade, e admitir, a poluição e degradação deste vital recurso natural e as televisões do mundo, obviamente, porque sangue e terror, são mais vendáveis que vida e paz. Bom, não querendo dizer muito, logo se vê, porque por agora, é preciso começar a mandar vir caixões, ou abrir valas comuns.

É preciso muita paciencia para esta humanidade, enfim...boa semana!Luis Dinis
</a>
(mailto:)

Comentar post