Expressão muito alentejana que significa "basta" ou "já chega". Espaço de liberdade. Galeria de arte pública.

.Ultimamente...

. Se quiserem...

. O verdadeiro amigo está s...

. Onde pára esta sangria?

. Pequim(ninos)

. No fundo, no fundo...

.Sótão

Quinta-feira, 8 de Abril de 2004

Eu penteei o meu!

Ao ler a reflexão do nikonman na sua Praça da República (http://pracadarepublica.weblog.com.pt/ - ainda não aprendi a fazer links...), acerca do pouco que procuramos conhecermo-nos melhor, deixo aqui um provérbio chinês que vem mesmo a calhar: "Se penteamos o nosso cabelo todos os dias, porque não fazer o mesmo com o nosso coração?".
Este assunto dá pano para mangas e gostaria de voltar a ele noutra ocasião. Cristãos ou não cristãos, uma boa Páscoa para todos!
publicado por Andre às 14:32
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 9 de Abril de 2004 às 08:27
Porque nao penteamos o nosso coraçao como o fazemos ao nosso cabelo??Nao sera porque temos medo de descobrir o que realmente nele temos?Descobrir que muitos, afinal de contas, têm no seu coraçaozinho mais piedade por eles proprios que por aquele que ta sofrendo?Tentar conhecer melhor o outro? Aquele ou aquela que conseguiu entrar por aquele janelinho que o nosso coraçao deixa sempre entre-aberto?Sim podemos tentar, é o que muitos fazem.Mas pensem bem : chegaram a qual conclusao?Eu ainda nao cheguei a nenhuma conclusao muito apurada.So vou pensando pela vida fora o seguinte : nunca conseguirei conhecer verdadeiramente alguem, e talvez ninguem consiga me conhecer tambem...E isso viver, eternamente em busca do conhecimento, das coisas, das pessoas, da vida...Porta-chaves
</a>
(mailto:)

Comentar post