Expressão muito alentejana que significa "basta" ou "já chega". Espaço de liberdade. Galeria de arte pública.

.Ultimamente...

. Se quiserem...

. O verdadeiro amigo está s...

. Onde pára esta sangria?

. Pequim(ninos)

. No fundo, no fundo...

.Sótão

Terça-feira, 1 de Junho de 2004

Ojos de Brujo na Bejalternativa

bari_1.jpg
Está aí mais uma edição da Bejalternativa! Sendo um festival que vai já na sétima edição, tem, na minha opinião, sabido crescer de acordo com as suas possibilidades, melhorando um pouco todos os anos. Este ano apresenta um bom cartaz musical, bastante abrangente em termos de gostos musicais e de boa qualidade.

Assim, nos dias 24, 25 e 26 de Junho teremos em Beja, no "Parque da Nação Alentejana", para além de muita música, animação de rua, feira do disco e do livro, gastronomia alternativa, desportos radicais (rappel, slide e paintball), incluindo a 2ª etapa do Circuito Open de Sreet Skate. Para além disso haverá ainda espaço para o Festival de Cinema de animação - Animatu (já aqui divulgado), curtas metragens, demonstrações de Capoeira, grafitti, tatuagem, piercing, artesanato contemporâneo, tendas de comércio justo e muitos outros expositores alternativos (uffff.....)

Barí, título do segundo disco dos Ojos de Brujo, fala-nos do aqui e do agora, da rumba da vida, do povo cigano e das lamentações do flamenco. Reflecte sobre o respeito ao planeta e a importância da sabedoria popular.

Ojos de Brujo é uma banda que nasce com a ideia de fazer música de diversos estilos tendo o flamenco como ponto de partida. As caravanas, os caminhos, as ruas, os bairros, a periferia, a fábrica, a magia, o quotidiano, o ontem e o hoje, o flamenco poroso, musicalmente poliglota, que se nega a negar contágios...a tudo isso cheiram e sabem os Ojos de Brujo.

O grupo, tão barcelonês como universal, opta pela filosofia global nos seus processos de criação, que fluem em sentido inverso ao habitual: do palco, meio natural da banda, para o disco.

ojos_de_brujo.jpg


Definindo-se inicialmente como um colectivo de colaboração entre músicos de distintos projectos (Dani e Beto de Macaco, Muñeco de Amparanoia, Antonio Ramirez de Los Flamencorro, Xavi Turull de Amalgama, Marina Abad de Aguita Troupe, Panko de Electric Funkdango, entre outros), acabam por gravar, em 2000, um primeiro CD, Vengue, para a Edel Records.

Este primeiro trabalho dos Ojos de Brujo desperta o interesse um pouco por toda a Europa, o que leva a banda a assumir uma formação mais estável.
No final de 2001, a banda opta pela auto-gestão, rompe o contrato com a Edel e promove a tournée “Abriendo puertas” por toda a Espanha.
Os resultados não se fazem esperar e Vengue é eleito disco do ano por diversas publicações e programas de rádio.
Em 2002 apresentam Barí, produzido e editado pela La Fábrica de Colores, uma plataforma artística criada pelo grupo para auto-produzir projectos próprios e outros afins ao colectivo. Mais maduro e experimental, este segundo trabalho dos Ojos de Brujo é uma progressão significativa em relação ao disco anterior.

Barí é uma viagem com diversas paragens: rumbas scratcheadas, tangos-reggae, bulerías funky, zambra electrónica, tangos "hip-hopados", tabla hindú, guitarras flamencas com bases electrónicas, percussões tribais flamencas.

ojos1.jpg

Música urbana, de rua e vital.

A sua presença na Womex 2002, em Essen, marca em definitivo uma viragem na carreira da banda. O grupo recebe convites de todos os continentes, iniciando uma tournée mundial que parece não acabar nunca.
A sua popularidade aumenta com a colaboração nas bandas sonoras dos filmes “Amnesia” de Gabrielle Salvatore (Itália), “Volverás” de Antonio Chavarrias (Espanha/México) e a participação na rodagem do documentário de Ventura Pons, “EL GRAN GATO”, uma homenagem ao músico Gato Pérez (Espanha).

A não perder!

publicado por Andre às 13:26
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Anónimo a 4 de Junho de 2004 às 22:57
ai Belota ai Belota este ano eu levo um cartaz de protesto para esses meninos alcoolicos, aiaiiiiiii se levo.okayyam
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 4 de Junho de 2004 às 16:26
Boa Onda Ojos de Brujo Abrir Soziedad Bebedolas!
Só espero que este ano não chova para os miudos não enferrugarem os ossos e darem de fuga de surrapa! BEJALTERNATIVA a marcar pontos.belota brava
</a>
(mailto:cha_parro@portugalmail.pt)
De Anónimo a 1 de Junho de 2004 às 20:39
Boas! A restante programação está disponível no sítio da Bejalternativa (tem um link no artigo).
Um abraço.André
(http://temavondo.blogs.sapo.pt)
(mailto:andre.claudio@sapo.pt)
De Anónimo a 1 de Junho de 2004 às 19:05
que mais bandas vão?rent
</a>
(mailto:)

Comentar post