Expressão muito alentejana que significa "basta" ou "já chega". Espaço de liberdade. Galeria de arte pública.

.Ultimamente...

. Se quiserem...

. O verdadeiro amigo está s...

. Onde pára esta sangria?

. Pequim(ninos)

. No fundo, no fundo...

.Sótão

Terça-feira, 13 de Julho de 2004

Cada vez se ouvem menos apitos e mais sussurros

whistle.jpg


"Há claros indícios de que alguém quer matar o processo Apito Dourado, com movimentações que põem em causa a independência da justiça". A afirmação é do presidente do PS/Gondomar, Ricardo Bexiga, referindo-se à substituição da juíza responsável pelo inquérito.

Foi com bastante preocupação que soube, também hoje à tarde, que os dois principais investigadores do caso Apito Dourado foram transferidos para Cabo Verde e França.

"O juiz que vai substituir Ana Cláudia Nogueira (no âmbito do movimento anual dos juízes ) é Paulo Abreu Costa, filho de João Araújo Costa, assessor para a área jurídica de Valentim Loureiro na Câmara de Gondomar e irmão de Nélson Costa, fiscal municipal de obras na mesma autarquia", adiantou Ricardo Bexiga.

O líder do PS/Gondomar acrescentou que Paulo Abreu Costa, é "um juiz muito jovem que estava colocado no Tribunal de Menores de Braga e que tinha indicado o Tribunal de Gondomar em 61 lugar na sua lista de preferências em caso de transferência".

Não será a altura de, na nossa sociedade, os Juízes deixarem de ser vistos como seres intocáveis, imunes à corrupção e má fé? Quem controla os juízes? Sendo eles humanos, não haverá entre eles ovelhas ranhosas, como em todos os grupos e profissões. Poderemos, com exemplos como este, continuar a acreditar na justiça cega?






publicado por Andre às 20:51
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 17 de Julho de 2004 às 05:00
NÃO PODEMOS FAZER MUITO MAIS DO QUE DEIXAR DE ACREDITAR.
</a>
(mailto:)

Comentar post