Expressão muito alentejana que significa "basta" ou "já chega". Espaço de liberdade. Galeria de arte pública.

.Ultimamente...

. Se quiserem...

. O verdadeiro amigo está s...

. Onde pára esta sangria?

. Pequim(ninos)

. No fundo, no fundo...

.Sótão

Quinta-feira, 11 de Novembro de 2004

Fossem as Gralhas como os Estorninhos

Agotai_Gyorgyne_08.jpg



E já teriam estas regressado à Torre. Hoje, vou esperar duas vezes ao dia, 15 minutos para as ver. Se as observar, trago-as nos meus olhos e deixo as suas imagens em palavras de amor...


publicado por Andre às 13:45
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Anónimo a 14 de Novembro de 2004 às 18:08
ora a sua intervenção vai mercer a minha atenção, ora se vai. Não gostava, nem quero tão pouco pensar que estará a fazer chacota do assunto apresentado, porque se de facto é essa a intenção, então, eu, remetendo-me ao meu silêncio por direito, ignoro esta e todas as mentalidades, cujo seus alcances não vão mais que o prato cheio de pardais fritos. Infelizmente nós em Portigal, gozamos de uma ignorancia sublime neste aspecto. Mas, acreditando que afinal quem interviu de forma tão heróica neste assunto, até possui certa sensibilidade, devo-lhe dizer que está errado na sua apreciação. Caso tivesse por dentro do assunto, iria saber que até 2050 espera-se um decréscimo de mais de 40% nas aves de toda a europa. Mas infelizmente é atitudes como esta aqui apresentada, que permite, tal como esta sexta feira foi possivel, o abate de 20 abetardas (Otis tarda) em Vila Nova de São Bento. Este, não é um blog de ornitologia e se fosse, dir-me-ia para parar com isto?????????
Luis Dinis
</a>
(mailto:okayyam@sapo.pt)
De Anónimo a 12 de Novembro de 2004 às 23:57
Passei perto da Torre ainda há pouco... e estava frio.
Pá! deixem-se disso porque
estorninhos e gralhas, pardais
e alveolos, tordos e abelharucos,
pegas e cucos
há muitos. Direi mesmo: cada vez há mais!Planície Heróica
(http://planicie-heroica.weblog.com.pt)
(mailto:fnunes4185.francisco@sapo.pt)

Comentar post