Expressão muito alentejana que significa "basta" ou "já chega". Espaço de liberdade. Galeria de arte pública.

.Ultimamente...

. Se quiserem...

. O verdadeiro amigo está s...

. Onde pára esta sangria?

. Pequim(ninos)

. No fundo, no fundo...

.Sótão

Terça-feira, 8 de Novembro de 2005

ARTO LINDSAY SALT - sugestão do meu baú

arto_salt_big.jpg


Não está muito fácil conseguir estar em permanente actualização de conteúdos, mas porque se reclama uma maior intervenção da minha pessoa, fui ao meu álbum de memórias retirar este artigo. Para alguns creio que não é novidade, para quem não conhece aqui fica esta sugestão: Arto Lindsay Salt para embalar nesta noite fria.




Estão duas faixas disponíveis; "habite em mim" e "combustível (combustible)", espero que gostem e boa noite!

publicado por Andre às 21:15
link do post | comentar | favorito
33 comentários:
De Anónimo a 30 de Novembro de 2005 às 20:07
Caro amigo, tempo é também o meu calcanhar de aquiles...um abraço!Luis Dinis
</a>
(mailto:okayyam@sapo.pt)
De Anónimo a 30 de Novembro de 2005 às 15:25
Luto com o Tempo, que me não dá tempo, para em oportuno tempo vos visitar.
Por isso venho, reconhecidamente, agradecer aos que passam e comentam nos meus blogs.
Também quero saudar os que, talvez como eu, não tenham tempo para me visitar.

Abraços para todos

lumife
(http://bxalentejo.blogspot.com)
(mailto:lumife@sapo.pt)
De Anónimo a 30 de Novembro de 2005 às 13:36
Se não estiver a dormir, aposto que anda a dar umas curvas...(eheheheheheheh);)
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 30 de Novembro de 2005 às 10:44
A caminho do Tibete? A pensar? Ainda por cima nos passarinhos que deveria ter salvo? Só ser for pombos. E, acho eu, não ta a caminho do Tibete, tá é a dormir, com um surto de preguiçite aguda!!! Isso é que é.lol
Bons dias a todos!
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 29 de Novembro de 2005 às 13:16
HEHEHEHEHE deixem o moça em paz ! no verão esta muito calor pra trabalhar, de inverno esta muito frio ! a esta hora o senhor dono deste blog deve de estar a caminho do Tibete pensando no peso da vida, nos passarinhos que podria ter salvo...
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 28 de Novembro de 2005 às 18:33
Tá dificl de sair esse artigo novo! Deve daí vir cá uma especialidade.Vê-se mesmo que estamos na planicie alentejana.
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 26 de Novembro de 2005 às 16:32
Palavras lindas...bem haja quem quer que foi!
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 25 de Novembro de 2005 às 23:21
"Não falei contigo
com medo que os montes e vales que me achas
caíssem a teus pés...
Acredito e entendo
que a estabilidade lógica
de quem não quer explodir
faça bem ao escudo que és...

Saudade é o ar
que vou sugando e aceitando
como fruto de Verão
nos jardins do teu beijo...
Mas sinto que sabes que sentes também
que num dia maior serás trapézio sem rede
a pairar sobre o mundo
e tudo o que vejo...

É que hoje acordei e lembrei-me
que sou mago feiticeiro
Que a minha bola de cristal é feita de papel
Nela te pinto nua
numa chama minha e tua.

Desconfio que ainda não reparaste
que o teu destino foi inventado
por gira-discos estragados
aos quais te vais moldando...
E todo o teu planeamento estratégico
de sincronização do coração
são leis como paredes e tetos
cujos vidros vais pisando...

Anseio o dia em que acordares
por cima de todos os teus números
raízes quadradas de somas subtraídas
sempre com a mesma solução...
Podias deixar de fazer da vida
um ciclo vicioso
harmonioso do teu gesto mimado
e à palma da tua mão...

É que hoje acordei e lembrei-me
que sou mago feiticeiro
e a minha bola de cristal é feita de papel
Nela te pinto nua
Numa chama minha e tua.

Desculpa se te fiz fogo e noite
sem pedir autorização por escrito
ao sindicato dos Deuses...
mas não fui eu que te escolhi.
Desculpa se te usei
como refúgio dos meus sentidos
pedaço de silêncios perdidos
que voltei a encontrar em ti...

É que hoje acordei e lembrei-me
Que sou mago feiticeiro...

...nela te pinto nua
Numa chama minha e tua.

Ainda magoas alguém
O tiro passou-me ao lado
Ainda magoas alguém
Se não te deste a ninguém
magoaste alguém
A mim... passou-me ao lado."

apeteceu-me...està uma noite fria e escura, noite que anuncia o feroz inverno, aquele que morde a pele e escurece as almas...há noites, há dias e há...há recordações que nos fazem sorrir ou chorar conforme os dias ou as noites...
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 24 de Novembro de 2005 às 18:42
Dia de m****, xiça! Ha dias que mais valia não nos levantarmos da cama! Fartinha disto tudo! :(
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 24 de Novembro de 2005 às 12:39
blablabla post de um alentejano leva o seu tempo a chegar...
</a>
(mailto:)

Comentar post