Expressão muito alentejana que significa "basta" ou "já chega". Espaço de liberdade. Galeria de arte pública.

.Ultimamente...

. Se quiserem...

. O verdadeiro amigo está s...

. Onde pára esta sangria?

. Pequim(ninos)

. No fundo, no fundo...

.Sótão

Terça-feira, 29 de Março de 2005

Bejalternativa finda após 8 anos

beja_alternativa.gif



Apesar dos rumores já anunciados o ano passado é com assombro e tristeza que recebi esta informação. Na origem de tal decisão pesa provavelmente as dificuldades orçamentais e a falta de apoio das próprias gentes de Beja. Desaparece assim, ao fim de oito edições um dos festivais mais acarinhados pela classe jovem desta cidade e de certo que é também com este sentimento que irá por ela ser recebida esta notícia. De realçar que este evento, atingiu o seu auge há 2 anos atrás ao integrar o Campeonato Internacional de BMX, na mesma edição actuaram no palco das bandas de música os franceses “Watcha” e os portugueses “Ho-Chi Minh”. Para trás ficam as memórias de muitos outros, como os “Eskorzo”, “Ojos de Brujo”, “Primitive Reason”, Mão Morta”, “Fat Fredy”, “One Love Family” e “Da Weasel”.



A minha experiência diz-me que não há retorno neste processo, diz-me também que nada nem ninguém fará algo para inverter a decisão tomada, para além do tradicional enfio de mãos nos bolsos e assobio fininho para o lado. Uma vez mais devemos centrar as nossas atenções por um lado nas empresas que por falta de apoios prestados, e por falta de uma cultura de Mecenato Cultural, inviabilizam os eventos desta natureza e por outro lado, a todos aqueles que em Beja, prostrados sobre as “suas” novelas se esqueceram de dar o seu vivo apoio a este festival.



Beja é de facto uma terra de grandes valores mas contudo de raras oportunidades e a este ritmo é desesperante viver por cá. Esta cidade, recorda-me um avião em queda livre, em conversa com um amigo, rememoro as “Palavras Andarilhas”, um dos mais importantes encontros de contadores de histórias, que esteve ameaçado por falta de apoios institucionais, assim não dá e entristecido concluo as minhas palavras.

publicado por Andre às 22:02
link do post | comentar | favorito

.Andrei

.Busca!

 

.Compadres

.Visitantes

free counter