Expressão muito alentejana que significa "basta" ou "já chega". Espaço de liberdade. Galeria de arte pública.

.Ultimamente...

. Se quiserem...

. O verdadeiro amigo está s...

. Onde pára esta sangria?

. Pequim(ninos)

. No fundo, no fundo...

.Sótão

Segunda-feira, 4 de Abril de 2005

Doñana: nascem três crias de lince-ibérico em cativeiro

lince.jpg



Procurei todos os cantos na internet, abri até todas as gavetas do meu computador, por fim já pensando em procurar de baixo das teclas, encontrei ná última página da edição de 31 de Março (se não estou em erro) do Jornal O Público, a notícia sobre o nascimento das 3 crias de Lince-ibérico (Lynx pardinus).




Que interesse tem isto? questionar-se-á enventualmente a multidão. Não tenho nenhuma intenção de apresentar o interesse ou a importância deste acontecimento. Apenas não lhe foi atribuída relevância. Ficou escondida e na sombra dos "grandes e decisivos momentos" da actualidade...ainda assim, foi o suficiente para despertar a esperança, naqueles que a muito custo "lutam" para presevar a espécie. Foi em Espanha, Parque Nacional de Doñana, porque é lá que ainda há esforços, que Saliega e Garfio, ofereceram ao mundo três pequenas maravilhas da natureza.





"Para Fuensanta Coves, conselheira andaluza para o Ambiente, este "não se trata só de um feliz acontecimento mas também de um êxito do ponto de vista científico". Esta é a primeira vez, em todo o mundo, que nasceram linces-ibéricos em cativeiro."



















E em Portugal, tardam em aparecer medidas de preservação, talvez porque, a verdade seja, que já não os há para preservar.
publicado por Andre às 01:14
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Lago de Pesca a 22 de Outubro de 2008 às 12:16
oallsf

Comentar post

.Andrei

.Busca!

 

.Compadres

.Visitantes

free counter